fbpx

Demanda, salário e carga horária

Um Técnico em Radiologia trabalhando na região de Araras, SP ganha entre R$ 2.084,65 (média do piso salarial 2021 de acordos, convenções coletivas e dissídios) e o teto salarial de R$ 3.440,60, sendo que a média salarial fica em R$ 2.884,07 para uma jornada de trabalho de 27 horas semanais.

Esses dados são de acordo com pesquisa do Salario.com.br junto a dados oficiais divulgados do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web pela Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE) com uma amostragem de 101 salários de profissionais admitidos e desligados oficialmente pelas empresas.

O cargo de Técnico em Radiologia CBO 3241-15 trabalhando na região de Araras, tem um perfil profissional médio de um trabalhador com 37 anosensino médio completo, que trabalha 24h por semana em empresas que atuam no segmento de Serviços de diagnóstico por imagem com uso de radiação ionizante.

Continue lendo e confira a mais completa pesquisa salarial gratuita para o cargo de Técnico em Radiologia segundo levantamento do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do CAGED.

Principais funções do Técnico em Radiologia CBO 3241-15 são:

  • substituir medicamentos e materiais com validade vencida;
  • paramentar-se;
  • complementar exame;
  • demonstrar atenção focada;
  • submeter-se a exames periódicos;
  • adaptar agenda para atendimento de pacientes prioritários;
  • registrar exames realizados;
  • auxiliar no planejamento de tratamento radioterápico;
  • averiguar a disponibilidade de material para exame;
  • identificar exame;
  • trabalhar em equipe;
  • trabalhar sob pressão;
  • organizar câmara escura e clara;
  • orientar paciente e/ou acompanhante e auxiliares sobre os procedimentos durante o exame;
  • demonstrar proatividade;
  • isolar área de trabalho para exame;
  • solicitar presença de outros profissionais envolvidos no exame;
  • minimizar o tempo de exposição à radiação;
  • eliminar interferência de outros aparelhos;
  • acompanhar reações do paciente a contrastes e/ou medicamentos;
  • aplicar procedimentos administrativos;
  • imobilizar o paciente;
  • demonstrar organização;
  • submeter o exame à apreciação médica;
  • transmitir segurança;
  • demonstrar capacidade de negociação;
  • demonstrar capacidade de comunicação verbal;
  • distribuir tarefas;
  • administrar contrastes e/ou medicamentos sob supervisão médica;
  • providenciar preparos adicionais do paciente;
  • analisar qualidade técnica dos exames;
  • montar carrinho de medicamentos de emergência;
  • calibrar equipamentos;
  • ajustar equipamento e acessórios ao paciente e ao tipo de exame e/ou ao tratamento;
  • acondicionar materiais radioativos para transporte ou descarte;
  • demonstrar habilidade motora fina;
  • adequar a posição do paciente ao exame;
  • supervisionar equipe técnica;
  • receber pedido de exames e ou prontuário do paciente;
  • ordenar a sequência de exames;
  • determinar a remoção de pessoas não envolvidas no exame;
  • documentar exames;
  • usar equipamento de proteção individual;
  • demonstrar capacidade de manter sigilo;
  • discutir o caso com equipe de trabalho;
  • fazer traçado cefalométrico manual ou computadorizado;
  • remover paciente do equipamento;
  • verificar condições físicas, psicológicas e preparo do paciente;
  • descrever as condições e reações do paciente durante o exame;
  • deslocar equipamento portátil;
  • usar dosímetro (medição da radiação recebida);
  • confeccionar moldagens e modelos;
  • orientar paciente sobre cuidados após o exame;
  • oferecer recursos de proteção a outros profissionais e acompanhantes presentes;
  • instruir paciente sobre preparação para o exame;
  • averiguar condições técnicas de equipamentos e acessórios;
  • demonstrar capacidade de raciocínio analítico;
  • solicitar reposição de material;
  • solicitar manutenção dos equipamentos;
  • providenciar limpeza e assepsia da sala e equipamentos;
  • verificar disponibilidade dos dispositivos de proteção radiológica;
  • acondicionar materiais perfurocortantes para descarte;
  • confirmar identidade do paciente;
  • demonstrar capacidade de adaptação;
  • obter informações do paciente;
  • demonstrar capacidade de liderança;
  • disponibilizar resultados de exame;
  • delimitar campo a ser irradiado;
  • retirar próteses móveis e adornos do paciente;
  • demonstrar compreensão para com o paciente;
  • higienizar o paciente;
  • processar filme na câmara escura;

 

Quanto ganha um Técnico em Radiologia na região de Araras, SP

Divisões salariais com base no salário bruto no cargo e na remuneração por períodos

VALORES EM R$

Salário Mensal

Salário Anual

Salário Por Semana

Salário Por Hora

Salário Nominal
(Bruto Mensal)

Piso Salarial

2.084,65

25.015,79

521,16

15,36

Média Salarial

2.284,07

27.408,89

571,02

16,83

1º Quartil

1.897,17

22.766,07

474,29

13,98

Salário Mediana

2.110,00

25.320,00

527,50

15,54

3º Quartil

2.840,58

34.086,97

710,15

20,93

Teto Salarial

3.440,60

41.287,16

860,15

25,35

·         Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Técnico em Radiologia e Imagenologia negociados por sindicatos e registrados no MTE;

·         Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais no cargo de Técnico em Radiologia e Imagenologia da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;

·         1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;

·         Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;

·         3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;

·         Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

 

Setores que mais contratam Técnico em Radiologia na região de Araras, SP

Lista com os segmentos de atividades econômicas das empresas com o maior número de admissões para o cargo de Técnico em Radiologia na região de Araras, SP.

Um termômetro fiel para sabermos os setores da economia com maior demanda nas contratações de profissionais para a ocupação e os salários pagos em média em cada setor.

Essa é uma estatística muito importante para um Técnico em Radiologia que busca uma recolocação no mercado de trabalho na região de Araras, SP ou a primeira oportunidade de trabalho.

Os segmentos das empresas estão listados são de acordo com a descrição do CNAE de cadastro de cada empresa (CNAE – Classificação Nacional de Atividades Econômicas) junto a Receita Federal.

No filtro são excluídos os aprendizes e trabalhadores em regime parcial de trabalho como horistas ou intermitentes.

Tabela de salários por tipo de empresa

Segmento da Empresa

Jornada

Piso              

Média          

Teto             

Total        

Serviços de diagnóstico por imagem com uso de radiação ionizante

30

1.881,96

2.061,99

3.116,15

33

Atividades de enfermagem

24

2.231,41

2.444,88

3.694,77

16

Atividades de apoio à educação

24

2.037,51

2.232,42

3.373,71

11

Atividades de atendimento hospitalar

34

3.000,24

3.287,25

4.967,80

7

Outras atividades de atenção à saúde humana

24

2.074,63

2.273,10

3.435,18

6

Atividade médica ambulatorial com recursos para realização de procedimentos cirúrgicos

24

2.301,80

2.522,00

3.811,32

6

Educação superior – graduação e pós-graduação

23

1.868,18

2.046,89

3.093,33

6

Atividades de serviços de complementação diagnóstica e terapêutica

28

2.332,72

2.555,88

3.862,52

3

Serviços de radioterapia

24

2.593,73

2.841,85

4.294,69

2

Atividade médica ambulatorial com recursos para realização de exames complementares

24

2.082,78

2.282,03

3.448,66

2

 

Como funciona o cargo de Técnico em Radiologia

Profissionais no cargo de Técnico em Radiologia realizam exames de diagnóstico ou de tratamento, processam imagens e/ou gráficos, planejam atendimento, organizam área de trabalho, equipamentos e acessórios, operam equipamentos, preparam paciente para exame de diagnóstico ou de tratamento, atuam na orientação de pacientes, familiares e cuidadores e trabalham com biossegurança.

Condições de trabalho

Tecnólogos e técnicos em métodos de diagnósticos e terapêutica exercem suas funções em clínicas médicas, odontológicas e oftalmológicas, ambulatórios, hospitais e laboratórios especializados. São empregados assalariados, com carteira assinada, porém alguns podem trabalhar como autônomos. Atuam em equipe, supervisionada por médicos, permanente e/ou ocasionalmente. Trabalham em rodízio de turnos, em ambientes fechados e a maioria sujeito à radiação e material tóxico.

O que é preciso para trabalhar de Técnico em Radiologia

O exercício das ocupações requer formação de nível médio e curso Técnico de Radiologia.

Principais funções dos Técnicos em Radiologia

Trabalhadores no cargo de Técnico em Radiologia devem organizar Área de trabalho, equipamentos e acessórios, demonstrar competências pessoais, processar imagens e/ou gráficos, orientar paciente, realizar exames de diagnóstico ou de tratamento, preparar paciente para exame de diagnóstico, trabalhar com biossegurança, comunicar-se, planejar atendimento.

 

Quanto ganha um Técnico em Radiologia por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 101 profissionais admitidos e desligados na região de Araras, SP. A relação abrange somente Técnico em Radiologia em regime integral de trabalho. Ideal para sabermos exatamente o salário por hora do profissional.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário

Total

Jornada

Ref.

Salário Mensal

Salário Hora

73

24

120

2.334,21

19,45

8

44

220

1.667,26

7,58

7

36

180

2.380,34

13,22

5

40

200

2.534,40

12,67

3

20

100

2.263,27

22,63

2

23

115

2.090,38

18,18

Salários na carreira por nível profissional e porte da empresa

Um Técnico em Radiologia Nível I ganha em média R$ 2.191,45, o Nível II recebe cerca de R$ 2.522,86, já o Nível III tem uma média salarial de R$ 3.787,39 mensais de acordo com pesquisa do Salario.com.br junto aos dados oficiais do CAGED de profissionais demitidos no mercado de trabalho.

Salário por porte da empresa

Esse levantamento mostra a faixa salarial em que se encontra o cargo de Técnico em Radiologia na região de Araras de acordo com o porte da empresa. Os segmentos são: MEI – Micro Empreendedor Individual, micro empresa, pequena empresa, média empresa e grande empresa. Veja como é feita essa divisão:

  • MEI: permitido no máximo 1 funcionário;
  • Micro: até 19 funcionários;
  • Pequena: 20 a 99 funcionários;
  • Média: 100 a 499 funcionários;
  • Grande: mais de 500 empregados, seja comércio, serviços ou indústria.

Salário por nível profissional

Aqui buscamos listar a remuneração do cargo de Técnico em Radiologia de acordo com o nível de experiência do profissional na empresa até sua demissão. Veja como é feita a listagem:

  • *Técnico em Radiologia Nível I: até 4 anos;
  • *Técnico em Radiologia Nível II: de 4 a 6 anos;

Metodologia: Salários de 54 profissionais demitidos das empresas na região de Araras, SP.

Porte da Empresa

Nível I

Nível II

Nível III

Micro

2.167,95

2.333,66

2.965,93

Pequenas

2.193,97

2.359,68

2.991,94

Médias

2.196,98

2.362,68

2.994,95

Grandes Empresas

2.400,85

2.566,56

3.198,82

*Os salários de Técnico em Radiologia Nível 1, Nível 2 e Nível 3 no cargo são referentes somente ao histórico do profissional naquela empresa até ser demitido. Esses dados não levam em consideração a vida profissional completa no cargo, por isso o salário de um Técnico em Radiologia Nível 1 pode ser maior que um Nível 3 por exemplo. Geralmente quando a amostragem de salários na pesquisa é maior isso tende a se estabilizar estatisticamente.

  • *Técnico em Radiologia Nível III: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

 

Piso Salarial 2021

O valor do piso salarial 2021 de Técnico em Radiologia na região de Araras, SP é de R$ 2.084,65 para uma jornada de trabalho de 27 horas por semana.

O valor do salário base, bem como o percentual de reajuste salarial 2021 é homologado por acordo, convenção coletiva ou dissídio dos Tecnólogos e técnicos em métodos de diagnósticos e terapêutica pelo sindicato.

valor do piso salarial mostrado aqui é a média ponderada do salário normativo retirada de acordos coletivos que foram registradas no MTE, calculado em conjunto com o salário em locais próximos com maior número de contratações para chegar ao valor final.

Na grande maioria dos casos, esse cálculo se aproxima muito do salário base da categoria para o cargo CBO 3241-15.

Calculamos dessa forma para que os dados não sejam afetados por dados de contratações de Técnicos em Radiologia em locais que não hajam sindicatos regionais para negociações salariais com sindicatos patronais.

 

O Técnico em Radiologia será habilitado para:

  • Aplicar, sob a supervisão de profissionais de nível superior, técnicas de proteção radiológica e de biossegurança.
  • Realizar exames de radiodiagnóstico, considerando todo o processo de execução das técnicas para aquisição de imagens radiológicas, que compreende:
  • Acolher e recepcionar o paciente.
  • Proceder a revisão da anamnese.
  • Orientar e preparar o paciente para o exame.
  • Posicionar o paciente e o equipamento.
  • Realizar a exposição.
  • Processar e avaliar o padrão técnico da imagem.
  • Supervisionar as aplicações de técnicas em radiologia, em seus respectivos setores.
  • Utilizar radiação e outras formas de energia na realização de procedimentos para obtenção de imagens diagnósticas, tais como radiologia convencional e digital, mamografia, densitometria, hemodinâmica, tomografia computadorizada, ressonância magnética, radiologia forense, radiologia veterinária, entre outras.


DURAÇÃO: 18 MESES (divididos em 3 módulos de 6 meses)


DURAÇÃO DE ESTÁGIO: 400 horas


MÉDIA SALARIAL: R$ 2.884,07 


Horas trabalhadas: 24 horas semanais.


CAMPO DE ATUAÇÃO: Hospitais – Clínicas – Pronto Socorro – Casas de Saúde – Laboratórios de Radiologia – Centros de Pesquisas – Aeroportos – Radiologia Industrial – Unidades Básicas de Saúde -Serviços de diagnóstico médico, forense, veterinário e odontológico – Unidades de Apoio Diagnóstico.

Pré-requisitos para ingresso

Para ingresso no Curso Técnico Subsequente, o estudante deverá ter concluído o Ensino Médio.

Obs: Conforme a Lei nº 7.394/85, art. 2º, “Em nenhuma hipótese poderá ser matriculado candidato que não comprovar a conclusão de curso em nível de 2º Grau ou equivalente.”

 

Legislação profissional

Lei nº 7.394, de 29 de outubro de 1985

BRASIL. Lei nº 7.394, de 29 de outubro de 1985. Regula o Exercício da Profissão de Técnico em Radiologia, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Seção 1, DF, 1985, p. 15.801, 30/10/1995.

Decreto nº 92.790, de 17 de junho de 1986

BRASIL. Decreto nº 92.790, de 17 de junho de 1986. Regulamenta a Lei nº 7.394, de 29 de outubro de 1985, que regula o exercício da profissão de Técnico em Radiologia e dá outras providências. Diário Oficial da União, Seção 1, DF, 1986, p. 8.815, 18/6/1986.

Decreto nº 9.531, de 17 de outubro de 2018

BRASIL. Decreto nº 9.531, de 17 de outubro de 2018. Altera o Decreto nº 92.790, de 17 de junho de 1986, que regulamenta a Lei nº 7.394, de 29 de outubro de 1985, e regula o exercício da profissão de Técnico em Radiologia. Diário Oficial da União, Seção 1, DF, 1976, nº 201, p. 3, 18/10/2018.

RDC ANVISA nº. 330, de 20 de dezembro de 2019

BRASIL.Agência Nacional de Vigilância Sanitária. RDC ANVISA nº. 330, de 20 de dezembro de 2019. Diário Oficial da União, Seção 1, DF, 2019, nº 249, p. 92, 26/12/2019.